Time to pack & organize

Chegou oficialmente aquele momento do ano em que nos vemos entre duas realidades: a roupa pesada de Inverno e as peças mais leves do Verão e estes dois mundos não conseguem viver no mesmo espaço, neste caso o meu roupeiro (sobretudo agora que perdi o escritório que se tornou no quarto da princesinha). Por isso, está na hora de substituir, reciclar e deitar fora ou doar!


Um dos objetivos desta rotina de trocar a roupa quente pela fresca é precisamente descobrir o que ainda serve, separar aquilo que já não usamos e adequar o guarda-roupa à nova estação e às novas tendências. De que serve ter imensa roupa se esta passa o tempo escondida no roupeiro ou arrumada em caixas?!

O primeiro passo é escolher um dia livre, retirar toda a roupa dos armários, limpar o interior dos móveis, substituir os saquinhos de cheiro e fazer uma seleção por montinhos de roupa consoante o seu destino.

Depois a tarefa é experimentar as peças que foram eleitas para continuar para a próxima estação e fazer conjuntos e combinações, até as mais improváveis que por vezes surpreendem pela positiva. Desta forma conseguimos perceber quais as reais necessidades do guarda-roupa e fazer uma 'lista' do que devemos comprar e quais as peças que podem ser recicladas.


Quando voltarmos a arrumar a roupa, devemos fazê-lo segundo algum critério personalizado, por exemplo, por cores ou por estilos. No que respeita ao calçado, se tivermos a sorte de ter um móvel só para ele, excelente, se não, podemos guardá-lo nas caixas para o proteger do pó, mas com uma foto, desenho ou descrição do artigo no exterior da caixa. Assim, tem os sapatos resguardados, mas sempre visíveis e acessíveis.


Se vai às compras, não se esqueça das tendências 'obrigatórias' desta Primavera: estilo navy; calções e jumpsuits de diferentes feitios, materiais e cores; vestidos e tops com motivos florais; inspirações étnicas; ténis confortáveis, sapatos compensados ou sandálias rasas; e mochilas.

Share:

0 comentários