Estes dias de calor exigem proteção extra dos nossos príncipes


Perante a vaga de calor que está a afetar o País de norte a sul, é impossível não pensarmos nos nossos bebés e crianças e na forma como estes em particular sofrem com a temperatura tão elevada e os riscos de desidratação que correm.

Posso parecer demasiado radical, mas sinceramente acho que a primeira coisa que devemos fazer para os proteger é não os levar para a praia de todo- No entanto, se não resistirem mesmo levem-nos só um bocadinho e apenas de manhã, até às 9h/10h, ou ao final do dia, a partir das 18h30/19h. Muitas vezes esquecemo-nos que os riscos da praia não se resolvem apenas com um chapéu na cabeça e o protetor solar na pele.

Segundo a Direção-Geral de Saúde as ondas de calor representam uma «agressão para o organismo, podendo conduzir à desidratação [...] e podem provocar danos irreversíveis na saúde», estando as crianças nos primeiros anos de vida entre os grupos mais vulneráveis às altas temperaturas.

Aqui ficam alguns conselhos para prevenir estes efeitos negativos nos nossos príncipes: 

- Aumente a ingestão de água ou sumos de fruta natural, mas sem açúcar;

- Se estiverem expostos ao sol, mesmo que por curtos períodos de tempo, usem protetor solar com fator de proteção elevado, chapéu e óculos de sol com proteção contra a radiação UVA e UVB;

- Use roupa leve e de algodão;

- Optem por fazer refeições mais leves e mais frequentes;

- Tentem permanecer duas a três horas por dia num ambiente fresco. Se a sua casa estiver um verdadeiro forno pode sempre levá-las um centro comercial, visitar um museu ou ir ao cinema. No entanto, tente evitar as mudanças de temperatura muito bruscas;

- Nos momentos de maior calor, dê-lhes um duche de água tépida ou fria;

- Evite a permanência em viaturas expostas ao sol, por exemplo, no trânsito;

- Se tiver de se deslocar de carro ou viajar com os príncipes leve sempre água, sumos de fruta naturais sem açúcar e snacks. Contudo, prefira viajar de noite para aproveitar as temperaturas mais baixas;

- Diminua o seu esforço físico e deixe-os fazer sestas em locais frescos e à sombra.

Share:

0 comentários