#Estudo: bebés que mamam portam-se melhor


Desde que engravidamos que começamos logo a ouvir os médicos e as enfermeiras a dizerem-nos que dar de mamar é essencial para o bom desenvolvimento dos nossos bebés e que lhes dá mais defesas e anticorpos, além de ajudar na recuperação da boa física das mamãs logo no pós-parto. 

No entanto, parece que há também um impacto positivo da amamentação no comportamento dos mesmos. Segundo um estudo realizado na África do Sul, e publicado na revista PLOS Medicine, os bebés que apenas se alimentam de leite materno vêem reduzido em 56% a probabilidade de terem desordens comportamentais em comparação com aqueles que só mamam durante o primeiro mês após o nascimento.

De acordo com a médica responsável pela investigação e acompanhamento de 1500 crianças sul-africanas, Ruth Bland, o custo económico destes comportamentos 'desviantes' é «enorme» na sociedade e lembra que os crimes atribuídos às pessoas que sofrem destes distúrbios rondam os 100 milhões de euros só no Reino Unido. 

Estratégias para que a amamentação seja bem sucedida:

- Escolha um local e um ambiente tranquilo e silencioso para dar de mamar;

- Use uma almofada de amamentação para que a posição seja a mais confortável possível tanto para a mamã como para o bebé;

- Certifique-se de que o bebé introduz toda a auréola na boca de forma a fazer uma boa pega. Além de estimular a produção de leite ainda evita que a mamã sofra com gretas;

- Se conseguir e se precisar, utilize uma bomba para extrair leite. Esta pode ser uma forma de evitar mastites e de dar leite materno ao seu príncipe ou princesa quando não está em casa ou quando regressa ao trabalho (este pode ser conservado no frigorífico até 24horas numa embalagem esterilizada);

- Alimente-se como deve de ser para ter energia e leite suficientes para dar de mamar. Deixe as dietas para mais tarde e pense primeiro na saúde do seu filho.

Share:

0 comentários