quinta-feira, 21 de julho de 2016

O Bicho Papão: voltar ao trabalho depois da licença...


E de repente, como que por magia, hoje acordei e pensei: «faltam três dias para regressar ao trabalho». Oh não, como passou tão rápido pergunta-me toda a gente. Sinceramente, eu própria adorava saber a resposta. Não sei como voa tão rápido o tempo quando estamos bem, com os nossos príncipes, a enchê-los de mimos e a vê-los crescer...

Parece que foi ontem que pensei: «cinco meses de licença são suficientes»... mas afinal se calhar não é bem assim... apetece-me pôr tudo em pause e ficar só mais um bocadinho, como quando acordamos de manhã cheios de sono e adiamos o despertador só mais uns minutos, como se conseguíssemos também adiar a realidade. 

A sorte é que o regresso vai ser progressivo. Além de beneficiar do horário reduzido por estar a amamentar, ainda tenho férias para tirar. Vou aproveitar duas semanas em agosto, uns dias em setembro e depois sim volto às rotinas mais apertadas e a fazer figas para que o resto das férias que guardei para o Natal cheguem num abrir e fechar de olhos. 

Entretanto, este domingo que vai ser a doer. Não é apenas o primeiro dia de trabalho após a licença, é ainda um daqueles dias que associamos sempre ao estar em casa, ao relaxar e ao estar em família... Resta suspirar e arregaçar as mangas! Ah e ligar muito ao papá Rui para saber se está tudo bem, se ainda não destruíram a casa, se comeram tudo, se dormiram a sesta... uffa, não vai ser fácil para ninguém...

Sem comentários:

Enviar um comentário