Há dias em que adorava enfiar-me num 'L'


Antes de ser mãe adorava ir às compras e experimentar roupa. Mas depois de dois príncipes lindos e de uns quantos quilos extra, confesso que mudei um bocadinho de ideias... ou não fosse cada vez mais difícil a tarefa de me conseguir enfiar num 'L'.

Além da maioria dos modelos terminarem precisamente nessa letra em quase todas as lojas que costumava frequentar - leia-se Zara, Mango, Blanco e afins -, o corte e a silhueta, sobretudo dos vestidos, macacões e saias, é tão justo e os tecidos tão rígidos que ou não passa na anca ou não aperta na barriga...

E como nas últimas semanas tenho andado numa busca incessante por vestidos de festa e de gala para o evento de mommy bloggers de Paris, a pressão e a frustração foram ainda maiores. Já perdi a conta de peças vestidas e despidas... A maioria das funcionárias tentavam ser prestáveis e até iam buscar os modelos maiores ou as silhuetas mais largas e até com um dose de boa disposição me tentavam animar e dizer que havia modelos que de certeza que me serviam e até me davam uns 'M' para experimentar... mas depois o resultado era sempre o mesmo: 99% não serviam e os restantes 1% ficavam tão mal que mais valia não servirem ahahah

Felizmente, a meia dúzia de dias do evento arranjei uma solução... curiosas? Segunda-feira prometo que partilho e diretamente de Paris.

Share:

0 comentários