Kit de sobrevivência para pais modernos


Com o Dia do Pai quase aí, é bom confirmar que os pais portugueses estão mais empenhados e dedicados aos pequenos príncipes. No entanto, ainda sabe a pouco quando vemos que apenas metade deles trocam fraldas diariamente ou que 12% não participa nas rotinas diárias de cuidado do filho...

Para os que são a maioria neste estudo da Dodot, o meu obrigada, em nome das mamãs; para os que ainda não estão, acho que está na hora de mudarem porque na verdade se há alguém que está a perder no meio disto tudo são vocês. 


Os babies crescem tão rápido que num instante estão a entrar no colégio, a dar os primeiros passos, a deixar o biberão e a chucha e a dizer as primeiras palavras. Se não estivermos lá, as memórias também não vão estar, nem na vossa vida e muito menos na dos vossos príncipes. 


E como ontem comecei a ler um livro que é mesmo "top", sobretudo para os super pais, aqui fica uma sugestão para celebrar o próximo domingo. E não tenham receio que eles não leiam. Além de ter um toque de humor, "O Pai é Top" está dividido em crónicas curtas e com as quais quase todos nos identificamos. 


Sabem aquele dinheiro que gastámos assim que soubemos que estávamos grávidos? Aquela casa e aquele carro maiores que comprámos porque nos disseram que era preciso? Aquele colégio caro que escolhemos e que depois percebemos que não fazia falta? É disso e de mais uma centena de temas giros que se faz este livro da autoria de um pai super cool que nunca teve um pai para seguir de exemplo, mas que diariamente se desafia. 


E já agora, não menos importante: sejam presentes, façam (se as costas permitirem) o avião com o vosso filho nos braços; cantem e dancem sem pensar que a vizinha está a ver as vossas "figuras"; e sentem-se no chão da sala a fazer legos mesmo que tenham acabado de chegar a casa, cansados e sem jantar... há umas "mini criaturas" que vão agradecer e muito!

Share:

0 comentários