«Mamã porque não consegues ir à minha festa?»


Há perguntas difíceis e respostas ainda mais difíceis... e neste mundo da maternidade não faltam as duas opções. 

Com o ritmo acelerado de trabalho das últimas semanas, tudo se vai acumulando e nem tenho conseguido ir buscar os miúdos ao colégio, o que fez com que só na 3ª feira ao final do dia percebesse que a princesa Leonor ia ter uma atuação na aula de Música no dia seguinte [Shitttt!!!!]

Como fazia para conseguir estar presente às 17H30, quando saio do trabalho às 18H e ainda levo meia-hora em transportes?! Não dava por motivos óbvios, mas também porque mudei de trabalho há pouco tempo e uma pessoa não quer "esticar a corda"...

Mas como se explica a uma princesa de 4 anos que a mamã não vai conseguir vê-la a atuar na festa de final de ano de música? 

Tentei não sobrevalorizar o mal que me sentia por não conseguir estar presente e não lhe mostrar o quanto me custava ter de estar a trabalhar enquanto ela estaria a mostrar os seus dotes de cantora e bailarina...

Expliquei-lhe que o papá ia, mas que a mamã não conseguia, mas em compensação a avó ia. Ficou meio desiludida, mas agradou-lhe a ideia de a avó ir, até porque os coleguinhas só iam ter os pais e alguns nem os pais...

Share:

6 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana, não sei o que aconteceu, mas deixei de conseguir ler o seu comentário ;) Um beijinho

      Eliminar
  2. Sou mãe de 3 e perco 2 a 3 horas em transportes publicos, até me vieram as lágrimas aos olhos a ler este post! Importa é dar o nosso melhor eles entenderão :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sónia, também acredito que sim.
      Eles acabam por entender e sinceramente acho que até nos custa mais a nós do que a eles. Aquele momento do dizer que não vamos é mesmo a parte mais dolorosa, mas depois há que "compensá-los" em outros momentos, aqueles em que conseguimos estar com eles :) <3
      Um beijinho para os 3 príncipes e obrigada pelo comentário

      Eliminar
  3. Por experiência própria, a minha mãe fez-me isso na minha festa de fim de ano da 4a classe, chegou e a festa já tinha acabado. Lembro-me que levei mesmo a peito, chorei que me matei e hoje ainda me lembro da sensação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :( nem imagino como isso a marcou... há memórias que realmente ficam para sempre... Eu foi a primeira vez que falhei uma festa, mas como o pai e a avó foram acho que ela acabou por não ficar tão triste, nem a pensar tanto no assunto. Fiquei mais tranquila porque senti que não a afetou tanto a ela como me afetou a mim :/

      Eliminar