10 coisas que eu adorava conseguir fazer... mas oficialmente não consigo


1. Cozinhar durante uma tarde comida suficiente para um mês e conseguir ainda a proeza de a confeccionar saudável e saborosa...

2. Cumprir a lista de compras de supermercado à risca, sem cair na tentação de comprar aquele gelado ou aquele chocolate que estavam em promoção;

3. Ir ao ginásio três vezes por semana e sem sentir que é uma "obrigação" chata ou sem inventar uma desculpa;

4. Conseguir fazer dieta durante o dia todo e a noite toda, sem me ficar pelo pequeno-almoço saudável...

5. Ser mais organizada e conseguir agendar posts e publicações no facebook e no blogue com dias ou mesmo semanas de antecedência;

6. Conseguir por os miúdos a dormir as 21h. Vá, as 21h30, mas sem sentir que sou uma mãe desregrada que não deixa os meninos dormirem as horas necessárias;

7. Dar banho aos príncipes todos os dias e ainda colocar cremezinho no final. Sim, confesso: há dias em que não conseguimos. Entre chegar tarde a casa depois de 10 horas fora de casa, fazer e dar o jantar e brincar, há dias em que o banho para segundo plano, isto é para o dia seguinte;

8. Reciclar tudo. O que eu adorava reciclar mais. Sinto-me culpada, mas por vezes é mesmo falta de tempo, misturada com alguma falta de organização familiar;

9. Poupar mais e não gastar até ao último cêntimo da carteira (e da conta). Há meses em que era bom conseguir poupar... mas parece que há sempre imprevistos ou tentações;

10. Fazer posts sem ser no iPhone à 1h da manhã deitada na cama e com um olho já meio fechado, como está a acontecer neste momento... mas hoje agendo a publicação para lerem amanhã, isto é: hoje!

Share:

2 comentários

  1. Como eu a entendo, pois vivi todos estes dilemas excepto o último - escrever num IPhone à 1h da manhã era coisa de ficção cientifica e internet não passava de uma miragem! Ela tem 28 anos e ele 23 anos - há vinte e tal anos atrás estas coisas eram "fantasias" saidas da imaginação hiperactiva de alguém! Estava até tarde sim, mas a fazer as minhas listas à mão, tomar notas do meu dia a dia na agenda... De certa forma tenho algumas saudades desses tempos, mas não voltava atrás, não senhora! Sabe o que lhe digo? O que custa mesmo são os primeiros 40 anos, como ouço dizer algumas vezes por piada... Mas até certo ponto sou capaz de concordar! Vá saboreando os dias à medida que eles passam, com mais ou menos pressa, mas seja feliz e aproveite o mais possivel - estes dias passam tão depressa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Maria!

      Como é bom ler as suas palavras. Uma inspiração para mim, mas de certeza para muitas outras mães.

      Realmente toda esta fase não é fácil, mas devemos fazer como diz, aproveitar ao máximo porque o tempo voa e deixa saudades.

      Um beijinho e muitas felicidades ❤️

      Eliminar