Serra da Estrela: fim de semana em família


Este ano aproveitámos os feriados de dezembro para fugir da loucura de Lisboa e tentámos ir em busca da neve. A princesa não podia estar mais empolgada com a expectativa de ver neve, de brincar com neve, qual Elsa ou Ana diretamente do filme do Frozen. 

Fizemos figas para que as previsões dessem frio e neve, mas o mais próximo que estivemos de sentir a neve foram pequenas gotas de água que solidificaram nas plantas rasteiras da Serra da Estrela, mas que mesmo assim fizeram as delícias da princesa. Já o baby Pedro não conseguiu perceber bem o alcance da magia da neve/gelo que a mana teimava em segurar com as luvas e que queria mesmo assim trazer para casa. 





Apesar de termos tido azar na parte da neve, a verdade é que apanhámos uns dias de sol que deram para aproveitar para explorar toda a zona e escolhemos uma quinta muito especial onde os nossos príncipes desfrutaram do contacto com a Natureza e animais, mas também da companhia dos filhos dos restantes hóspedes que se reuniam todas as noites na sala/cozinha comum com uma imponente, mas familiar lareira que nos transportava para um ambiente de lar. Sinceramente, tivemos várias vezes a sensação de estarmos a passar uns dias em casa da avó ou da tia com os primos todos reunidos em brincadeiras e aventuras. 

Acho que foi a primeira vez desde que o Pedro nasceu - há quase dois anos - que regressámos de férias tranquilos e mais descansados do que no dia da partida. 
Quinta de Vodra 




Ficámos na zona de Seia, mais concretamente na Quinta de Vodra, um turismo rural familiar e cheio de divertimentos para os mais pequenos, e conseguimos aproveitar a excelente localização para passear. O Museu do Pão e a iluminação e músicas de Natal foram tão especiais que os miúdos já não queriam de lá sair, mesmo com temperaturas negativas; o Museu do Brinquedo transportou-nos a todos para uma viagem nostálgica pela história e tradições de alguns brinquedos da geração dos nossos pais e avós; e ainda demos um pulo à Torre para tentar ver a neve e desfrutámos de um almoço típico no restaurante "O Borges", mesmo no centro de Seia.
Museu do Pão

Museu do Brinquedo (Seia)



Resumindo, foram três dias e duas noites que nos souberam pela vida. Ainda hoje, quase um mês depois, a princesa Leonor ainda pergunta pela amiga que fez na Serra da Estrela e com quem brincava antes dos passeios e no final do dia. 



Share:

0 comentários