Acho que o baby Pedro não vai ter padrinhos


Decidimos batizar o baby Pedro este ano, mais perto do Verão. Ainda não escolhemos o local, nem fizemos a lista de convidados, mas achámos que se calhar estava na hora de escolher pelo menos a Igreja. Já conseguimos marcar reunião com o padre para esta semana, mas estou com a sensação que não vai correr bem. 

Já estou a imaginar que a conversa será algo do género: 

«Nós - que não somos casados pela Igreja - queremos batizar o nosso filho, que entretanto já vai ter 2 anos e meio na altura do batizado... o padrinho não tem o crisma - logo não pode ser o padrinho -, mas a madrinha é crismada, só que casou com outra mulher, uma união que a Igreja não reconhece e que possivelmente não irá aceitar como madrinha...»

Caso para dizer: «Patrícia, inspira, expira e não pira». 

Share:

0 comentários