Suite 647: o espaço onde crime, humor e destino se cruzam



Hoje não trago propostas para crianças, nem para famílias e acho que isso se percebe só olhando para as fotos da peça "Suite 647". No entanto, posso garantir-vos que é um programa divertido para todos os pais e uma ótima forma de fugirem da rotina e darem umas boas gargalhadas. 

E foi precisamente isso que eu e o maridão fizemos ontem. Deixámos os miúdos com os tios e fomos até ao Casino de Lisboa para assistir à sessão da tarde.



No início ficámos com dúvidas sobre o espetáculo porque o ritmo é acelerado, quase esquizofrénico, mas a meio começámos a envolver-nos e no final ficamos positivamente surpreendidos com o desfecho. 

Óbvio que não vos vou contar o final porque odeio spoilers, mas posso dar-vos um cheirinho do enredo que é abrilhantado pelo seu elenco de luxo composto por Gabriela Barros, Jorge Corrula, Manuela Couto, Ruben Madureira, Sérgio Praia e Sissi Martins.




O local é sempre o mesmo - a Suite 647 que dá nome à peça -, mas os anos são sempre diferentes. Andamos numa espécie de máquina do tempo, para a frente a para trás, ora com um pé em 1998, ora a espreitar o que por lá acontecia 20 anos depois e como é no "presente" que se situa em 2038.

No final só vos posso dar três garantias: será uma tarde bem passada, com direito a muitas gargalhadas, mas também vos fará pensarem um bocadinho na questão do destino e de como na maior parte das vezes este está mesmo nas nossas mãos. 




FOTOS | Paulo Sabino 

Auditório dos Oceanos | Casino Lisboa

Até dia 1 de julho 
5a a Sábado às 21h30 | Domingos às 16h30
Preços: 18€ a 20€


Teatro Sá da Bandeira

Estreia a 13 setembro
5a a Sábado às 21h30 | Domingos às 16h30
Preço: 10€ a 20€

Share:

0 comentários